ezgif.com-gif-maker.gif
 
logo.jpg gif_cabecalho.gif
I9 Informática..jpg
picasion.com_51650377fc8aaba41ddd02d2f011f399.gif
material realeza1.jpg

Solução Auto Peças.gif

CÂMARA MUNICIPAL - Vereador repudia atuação de Secretário e questiona: Quem é o prefeito?
Por Jacqueline Dutra de Carvalho em 01/07/14 - 11h07

“Tudo é barrado na Secretaria Municipal de Administração. Quando vamos buscar solução para algum problema, seja na Saúde, Educação, ou na Secretaria de Obras, o que se ouve é sempre a mesma coisa, geralmente, os diretores ou secretários dizem que tudo agarra lá, na Sec. Administração. Então, se agarra lá, tem que começar a desagarrar. O Prefeito tem que observar isto porque as atitudes da Sec. de Administração estão atingindo diretamente o mandato dele”, questionou Vereador Gilson César da Costa (Gilsinho) em um desabafo no plenário, durante sessão legislativa ordinária desta Quinta-feira, 26, em Manhuaçu.

 

 

Vereador de Vilanova

Gilson Cesar da Costa



Gilsinho solicitou requerimento à presidência convocando o Secretário João Batista Hott ao Plenário. “Precisamos apurar isto, para saber se estas questões têm chegado ao Prefeito, pois, se estiver, ele tem que se corrigir, e, se não estiver, então o Secretário João Batista tem que tomar um posição, caso contrário, o Prefeito tem que tomar uma posição em relação a ele. O que não pode é continuar como está. Afinal, quem é o Prefeito? O Secretário João Batista Hott ou o Nailton?”, continuou.

 

 

Filas não deveriam existir para tratamento de Saúde, mas já que elas existem, vamos respeitar as filas.



O Vereador relatou ainda que “foi objeto de requerimento, indicação minha, a colocação em prática de uma Lei anteriormente aprovada nesta Casa para a regulamentação das filas de espera, tanto para cirurgias quanto para marcações de consultas, para que o próprio cidadão acompanhe a situação dele na fila. É uma medida que gera credibilidade ao serviço, pois possibilita o acompanhamento direto do cidadão, evitando erros diversos. Tenho uma Indicação solicitando reforma da UPA, e, o próprio SUS (parte alta de R. Mellin Abi-Ackel) será objeto de outra Indicação que apresentarei na próxima reunião, reivindicando reforma. São coisas simples, mas que não estão sendo feitas”.

 

 

Está faltando funcionários na Secretaria de Obras.



Outros setores da Administração também apresentam problemas, revela Gilson. “Na Secretaria de Obras, não têm funcionários. Estão começando a aparecer obras no município, mas não tem trabalhadores para executá-las. Então, o que adianta ter o material para reformar a casa, mas não ter o pedreiro?. Se o concurso ainda está travado, que a Prefeitura mande o Projeto de Lei para esta Casa. Tenho certeza que será aprovado pelos colegas vereadores, pois, sabemos que a Secretaria de Obras não tem como funcionar sem funcionários. O município não pode ficar do jeito que está: parado. Um arrozinho com feijão não está sendo feito”, frisou.

 

 

Centralização de Compras  ineficiente.



Sobre a centralização do setor de compras da Saúde junto à Administração Municipal e a denúncia feita pelo Conselho M. de Saúde,Gilsinho comentou que “os funcionários do setor dizem que o sistema de informática não comporta o volume de dados quando se vai fechar a folha de pagamento. Então, se não comporta, como você vai colocar tudo no mesmo local? É o mesmo que ter uma caixa d’água de 500 litros e querer colocar 1.000 l dentro dela. Assim, esta centralização está sendo prejudicial. Há uma lamentação do SUS inteiro por este setor ‘descer’ para a Prefeitura e as licitações estarem sendo feitas juntas. Na realidade, eles não estão dando conta. Você pede algo e isto demora noventa dias para começar a andar.O tempo está passando, o mandato acabando e a população está ficando no prejuízo. O Prefeito precisa se posicionar e fazer o secretariado começar a tomar atitude, porque a comunidade não pode pagar por isto”.



Autismo


Na reunião, Gilson apresentou Requerimentos solicitando informações sobre o atendimento às crianças com autismo, no município, e, caso haja, que os mesmos sejam ampliados e melhorados. “Nota-se o número de pessoas autistas aumentando em Manhuaçu. Uma mãe me alertou para esta situação, porque a criança tem até os sete anos para começar a impulsionar as atividades dela e ela se recuperar de grande parte da doença. Não podemos esperar passar esta fase para então começarmos o tratamento, porque senão os resultados não serão significativos. Fiz também Indicação solicitando estudo do Executivo Municipal visando aumento do repasse à APAE, porque sabemos que é a APAE que cuidará destes casos. É o filho do outro que está com o problema, mas é como se fosse o filho da gente, porque qualquer um pode estar nesta situação, ninguém escolhe isto pra si. É uma forma de garantir que estas crianças tenham uma vida melhor no futuro”, adiantou o vereador.



ESF em Vilanova


Gilson contestou o posicionamento contrário do Presidente do Conselho M. de Saúde quanto à abertura de novas unidades do ESF no município. “Vilanova hoje tem mais de seis mil habitantes e conta com apenas uma unidade do ESF. Então se sobrecarregam médicos, enfermeiros e equipe. Defendo sim a criação de mais um ESF em Vilanova, porque desta forma, ele voltará a funcionar como era antes, pois, as próprias agentes tinham mais prazo porque era menor a população e elas conseguiam marcar consultas nas das casas, evitando filas na porta do ESF. Sabemos que a Lei nos garante este direito e lutamos por isto”, concluiu.



Assessoria de Comunicação

Câmara Municipal de Manhuaçu - MG.

 

 

Compartilhar:

Asses. Comun. Câmara Municipal de Manhuaçu.
Postado em: Política

Veja mais em...
 
Gif-para-test.gif
16142757_1702623726694879_6512629570592083712_n.jpg
ezgif.com-gif-maker (1).gif
©2009 - 2017 Portal Vilanova - Todos os direitos reservados. MarceloDSN