ezgif.com-gif-maker.gif
 
logo.jpg gif_cabecalho.gif
I9 Informática..jpg
picasion.com_51650377fc8aaba41ddd02d2f011f399.gif
material realeza1.jpg
AFI PARK.jpg

Solução Auto Peças.gif

CARATINGA - Bispo Dom Hélio é sepultado na catedral de Caratinga
Por Jacqueline Dutra de Carvalho em 05/09/12 - 13h10

Foi sepultado na noite desta terça, 04, na cripta da Catedral São João Batista, em Caratinga, o corpo do bispo emérito da Diocese de Caratinga, Dom Hélio Gonçalves Heleno.

O sepultamento foi realizado na cripta da Catedral, atrás da sacristia, local onde os bispos são sepultados, após a missa de exéquias, que foi celebrada pelo o arcebispo de Mariana, Dom Geraldo Lyrio Rocha.

Dom Hélio morreu vítima de uma pneumonia grave. “Perda muito grande do nosso bispo emérito. Então, a gente esperava que Dom Hélio vivesse mais tempo”, lamentou o bispo Diocesano Dom Emanuel Messias de Oliveira em entrevista coletiva concedida à imprensa, no Palácio do Bispo.

Durante a entrevista, o atual bispo da Diocese de Caratinga relatou como foram os 18 dias em que Dom Hélio permaneceu internado: “O contato nosso foi quase diário, a gente chegava até a UTI com facilidade pra entrar, hospital bastante aberto – e contato assim, de presença, de oração, porque ele chegou e foi logo induzido em coma para fazer o tratamento. Logo que ele entrou pra UTI, ele já ficou em coma. Então, um contato de presença, de oração, mas assim, de conversa, a gente às vezes falava algum incentivo no ouvido dele, porque a gente acha que a pessoa que está em coma escuta. Não pode reagir porque está em coma, não tem reação nenhuma, mas assim, escuta e pode ajudar. Mas, o contato foi esse, e a gente estava sempre ocupado, várias pessoas visitando durante o dia, e eu visitava quase sempre à noite algumas vezes também. E rezando sempre, pedindo orações ao povo na Catedral, e não faltavam orações”, destacou Dom Emanuel durante coletiva de imprensa.

TRAJETÓRIA

Dom Hélio Gonçalves Heleno nasceu em 18 de maio de 1935, em Cipotânea, Minas Gerais. Ele foi para o Seminário com apenas 12 anos de idade, onde permaneceu por 14 anos até sua ordenação sacerdotal, que aconteceu no dia 3 de dezembro de 1961. O bispo emérito foi ordenado em Mariana, por dom Oscar de Oliveira. Exerceu o seu ministério presbiteral nas paróquias de Entre Rios de Minas, São Pedro dos Ferros e São Manoel do Rio Pomba.

Quando estava em Rio Pomba, foi nomeado bispo de Caratinga. Sua ordenação episcopal aconteceu no dia 22 de fevereiro de 1979, nessa mesma cidade. Foi ordenado bispo também por dom Oscar de Oliveira. Seu lema episcopal é: “Propter Regnum Dei” (Por causa do Reino de Deus). Dom Hélio veio para Caratinga em 24 de março de 1979, tomando posse como 5º bispo diocesano. Foram mais de 30 anos de sua presença entre a população de Caratinga.

Dom Hélio foi um bispo dedicado à sua missão e sempre realizou as visitas pastorais a todas as paróquias da diocese. Durante esses mais de 30 anos, ele também realizou 141.518 crismas.
Dom Hélio também se preocupou com o Seminário, com a formação de novos padres. Por isso, sempre investiu nele, fazendo as melhorias necessárias e dando condições para que o Seminário crescesse e realizasse bem a formação dos novos sacerdotes para a diocese.

O Seminário foi fundado por dom José Eugênio Corrêa, em 1º de março de 1958. Mas foi Dom Hélio quem colheu seus primeiros frutos, em 1979, ordenando os três primeiros padres nele formados: Padre José Moreira Bastos Neto (hoje bispo de Três Lagoas, MS), padre Paulo Mendes Peixoto (hoje bispo de São José do Rio Preto, SP) e padre Aníbal Borges Sobrinho. Dom Hélio deu início ao Seminário Propedêutico e construiu o atual prédio, localizado em Ubaporanga.

Quando Dom Hélio chegou à diocese, havia um número bem menor de padres diocesanos. Eram apenas 23. Havia outros padres que pertenciam a alguns Institutos de Vida Consagrada, que trabalhavam aqui, sendo que vários deles eram estrangeiros. Hoje são mais de 50 padres diocesanos. Desses, 50 foram ordenados por dom Hélio. No total, dom Hélio ordenou mais de 60 padres, além dos três diáconos que a diocese tem atualmente.

Havia também várias paróquias sem padre residente. Com o aumento do número de sacerdotes, as paróquias passaram a ter um atendimento melhor. Foi possível também criar novas paróquias. Dom Hélio criou 9 paróquias: Ipaba, em 1989; Santana do Manhuaçu, em 1992; Bom Pastor, Manhuaçu, em 1992; Senhor Bom Jesus, Caratinga, em 1994; Córrego Novo, em 1995; São Domingos das Dores, em 1998; São João do Manhuaçu, em 1999; Vilanova, em 2007; e São Judas Tadeu, Limoeiro, Caratinga, em 2009.

Com informações da Diocese de Caratinga - TV Super Canal - Diário das Gerais - Cláudio Geraldo - Valter Oliveira

Compartilhar:

Diocese de Caratinga - TV Super Canal - Diário da
Postado em: Religião

Veja mais em...
 
Gif-para-test.gif
16142757_1702623726694879_6512629570592083712_n.jpg
ezgif.com-gif-maker (1).gif
24991270_10214857880982264_955541836691778850_n.jpg
©2009 - 2017 Portal Vilanova - Todos os direitos reservados. MarceloDSN